Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 13 de agosto de 2017

Chicago

Parecem peregrinos atraídos por este mega feijão cromado que parece ter vindo do espaço e aterrado ali no Millennium Park. Vêem de todos os estados e de todos os cantos do mundo, a escultura de Anish Kapoor tornou-se num autêntico "selfie Park", resisti à foto mas fiquei no desenho! Onde estarei eu de pé desenhando a verde no caderninho?

9 comentários:

Bruno Vieira disse...

O feijão deve parecer mesmo algo de outro mundo, os desenhos acompanham bem, ficaram mesmo um espanto, que detalhe.

Rosário disse...

Difícil encontrar, mas o desenho está espectacular!

André Duarte Baptista disse...

Estamos os dois fantásticos, mas o 2º desenho é genial. Parabéns

Mário Linhares disse...

No primeiro desenho estavas em pé, mas no segundo estavas sentado naqueles bancos de cimento, não estavas? :)

Isto é de cair para o lado...
BRUTAL!

nelson paciencia disse...

Eu caí para o lado. Lá e agora outra vez. Impressionantes estes desenhos.

Pedro Ribeiro disse...

Outstanding!!!!

José Louro disse...

não vale....:(

Lurdes Morais disse...

Espectaculares!

Eduardo Salavisa disse...

Uau!